Limpeza de resíduos de clorprofame (CIPC) de armazéns e equipamento

O Clorprofame tem data limite de utilização a 08/10/2020 e de comercialização a 31/01/2020. Foi durante largos anos utilizado por produtores e armazenistas de batata como anti-abrolhante e teve o seu uso cancelado em definitivo na UE, no passado mês de junho.
Os resíduos desta substância em armazéns e equipamentos, decorrentes de anos de uso poderão permanecer por muitos mais, pelo que se recomenda algumas medidas  de limpeza, com o objective de minimizar os níveis de resíduos de CIPC nas estruturas dos armazéns e equipamentos destinados ao armazenamento e manuseamento de batata, a fim de minimizar os níveis de contaminação de resíduos nas batatas armazenadas posteriormente e sem tratamento de CIPC.
Recomenda-se que:

  1. O primeiro passo deverá ser a limpeza a seco do chão, condutas, câmaras de conservação, ventiladores, caixas, equipamentos como transportadores, tremonhas e empilhadores.
    1. Em ambientes empoeirados usar EPI`s apropriados;
    2. Varrer e remover todos os detritos e terra;
    3. Com temperaturas altas haverá mais volatilização de clorprofame, pelo que será prudente promover a ventilação dos armazéns, deixando portas e janelas abertas para o exterior;
    4. Preste atenção às paredes, tectos, condutas subterrâneas, tubos de ventilação, ventiladores e zonas mais altas do armazém, se possível use um aspirador industrial e plataformas de elevação para alcançar as partes mais altas do armazém;
    5. Os resíduos podem ser colocados no contentor de resíduos das batatas, uma vez que em condições aeróbicas estes diminuem rapidamente.
  2. No caso de embalagens de madeira, se possível lave com água e detergente e coloque ao ar livre, maximizando o tempo de exposição à luz solar, vento e chuva.
  3. Use uma máquina a vapor ou lavadora de pressão e detergente para lavar todas as superfícies do armazém, incluindo zonas mais altas e sistema de ventilação, em superfícies mais contaminadas deverá permitir 20 minutos de imersão, antes da lavagem final. A recolha da água residual deverá ser semelhante à efectuada para lavagem dos pulverizadores.
    1. Evite lançar água residual da lavagem, nas águas superficiais, pois contém resíduos;
    2. Evite que a água entre nas instalações electricas;
    3. É aconselhável que a remoção de resíduos seja efectuada por especialistas.

Fonte: Europatat