Da Terra à Mesa HZPC, Portugal

Dedicada à criação, inovação e comercio de batata semente, a HZPC empresa Holandesa centenária é líder mundial no sector, fruto da fusão de duas empresas a ZPC e a Hettema está presente há 21 anos em Portugal, o seu actual director comercial em Portugal Paulo Simões, respondeu às questões da Porbatata.

Porbatata: Como começou a sua relação com as batatas? E como foi a integração na HZPC?
HZPC:  A minha relação com as batatas começou há cerca de 12 anos com a comercialização de batata de consumo na CALCOB, até que em 2018 tive oportunidade de abraçar um novo projeto, numa empresa com tanta importancia e responsabilidade no mercado das sementes e também exportação no nosso país. Tenho tido uma grande satisfação pelo desafio e a responsabilidade que me foi dada pela HZPC.

Porbatata: Que tipo de produtos são comercializados pela HZPC? Quais são os Vossos principais mercados/clientes?
HZPC: A HZPC dedica a quase totalidade do seu negócio à comercialização de batata de semente neste momento em cerca de 94 paises, no entanto e apenas como complemento temos também uma secção de batata de consumo e quando passamos a importadores somos mesmo um dos maiores consumidores da batata nova portuguesa, que distribuímos para destinos como Alemanha, Holanda e Bélgica.

Porbatata: Quais as perspetivas de futuro para a HZPC em Portugal? E para o sector da batata?
HZPC: O sector principalmente por razões demográficas encontra-se neste momento em mudança, as condições climatéricas estão a alterar, tal como os nossos próprios hábitos alimentares, a nossa prespectiva para o futuro é continuarmos a ser importantes ao nível de introdução de novas variedades, para a adaptação das novas realidades e dificuldades que se avizinham.

Porbatata: O que espera de uma Associação como a Porbatata?
HZPC: Promoção! Tal como à pouco dizia os hábitos alimentares estão a mudar e infelizmente neste momento a nossa cultura está a colocar de lado a batata do prato dos consumidores, temos que afastar esse mito e voltar a introduzir na nossa dieta a batata, e acho que nesse ponto teremos que trabalhar todos os intrevenientes na fileira em conjunto com a Porbatata para melhor informar o consumidor e incentivar o seu consumo.

Paulo Simões, Director Comercial da HZPC Portugal