Da Terra à Mesa –  UCANORTE XXI

A Ucanorte XXI – União Agrícola do Norte U.C.R.L., sediada na Maia, distingue-se pelo seu cariz cooperativo e desempenhando um papel importantíssimo e diferenciador no apoio ao setor agrícola.
Atualmente, a estratégia visa reforçar a centralização de compras dos fatores de produção, criar sinergias e aportar ganhos efetivos de competitividade para as Cooperativas Associadas e seus Produtores.
Apresenta uma postura empresarial, dinâmica e de acompanhamento especializado nos mais variados segmentos do setor agrícola da região, nomeadamente: Nutrição Animal; Sementes; Fitofármacos; Plásticos Agrícolas; Fertilizantes; Consultoria Técnica.
Salienta-se ainda, o serviço de Gestão de Mercados, através do aluguer de espaços, como é o caso do Mercoflores (comércio por grosso de flores) e Mercominho (comércio de produtos hortícolas e de frutas).

Porbatata: E como surgiu a Ucanorte?
Ucanorte: As cooperativas da região do Entre Douro e Minho organizaram-se criando a Agros de forma a fazer face ao escoamento do leite que estava numa fase de expansão e sem garantia de escoamento do produto “Leite”. As mesmas cooperativas já organizadas neste sector, concluíram que seria uma mais valia criar uma União na área dos fatores de produção nascendo assim a Ucanorte. Esta União foi a principal importadora do País de batata de semente, altura em que comercializamos 350.000 sacos de batata de 50Kg. A Ucanorte nessa altura (anos 80) era uma das poucas empresas neste sector com capacidade financeira para fazer importação de vários Países como Holanda, Alemanha, Irlanda, Dinamarca, Canadá, Escócia, etc

Porbatata: Que tipo de produtos são comercializados pela Ucanorte? Quais são os Vossos principais mercados/clientes?
Ucanorte: A Ucanorte como União de Cooperativas da Região tem como objetivo proporcionar às suas associadas produtos de qualidade ao melhor preço possível, as nossas áreas de intervenção, focam-se nos produtos diretamente ligados á produção de leite como sejam: Sementes de Milho, Sementes Forrageiras, Adubos, Plásticos agrícolas, alimentação animal, etc. Uma das áreas de negócio importante e que não está diretamente ligada á produção de leite é a da batata de semente que continua a ser historicamente uma área acarinhada pelo sector apesar de ao longo dos últimos anos ter decaído abruptamente.

Porbatata: Quais as perspetivas de futuro para a Ucanorte? E para o sector da batata?
Ucanorte: Vamos continuar a trabalhar nas mesmas áreas de negócio afincadamente, pois agora mais do que nunca o sector necessita de empresas fortes que ajudem os produtores a resistir a uma fase que já não é passageira e as dificuldades terão que ser ultrapassadas juntos. Estamos com um novo projeto (instalação de um secador de milho) com o qual pretendemos incentivar os produtores que deixaram de produzir leite, a produzir milho grão já que tem a garantia de escoamento do produto final na Ucanorte no sector da área da alimentação animal. No sector da batata estamos a estudar nos mercados externos de que forma podemos aproveitar a batata para a obtenção de produtos com mais-valia de forma a valorizar o produto final ao produtor. O nosso mercado da batata tem como principal objetivo o fornecimento para autoconsumo, que está a cair todos os anos, queremos inverter esta situação e rapidamente sob pena de perdermos os poucos que temos.

Porbatata: O que espera de uma Associação como a Porbatata?
Ucanorte: Já á alguns anos que os importadores quando se encontravam comentavam sobre a necessidade de se criar uma organização que concentrasse e divulga-se informação que existia de uma forma dispersa. Esta informação dos mercados (compra, venda, tendências) quando partilhada é uma ferramenta importante para que as empresas dedicadas a este mercado façam os ajustamentos necessários para estar competitivos nos mercados. Também na minha opinião é importante que a associação esteja com permanente comunicação com os serviços oficiais de forma a transmitir em tempo real as informações que podem ser uteis ao desenvolvimento do negócio. Em relação á importação de batata de semente era importante a associação adquirir informações prévia ao mercado de batata de semente, refiro-me á produção, por vezes este dados dão uma visão diferente aos importadores colocando-os assim de sobreaviso a possíveis oscilações de mercado no que se refere ás disponibilidade de semente para a campanha quer esteja em escassez ou em excesso.

Carlos Osório, Director Geral da Ucanorte.